# Educação

Dia Mundial da Alfabetização

Por esse motivo, nas últimas décadas vários países têm assumido o compromisso de combater o analfabetismo. Atualmente, a alfabetização atinge cerca de 85% da população mundial, de acordo com dados da ONU.

No entanto, estima-se que ainda existem quase 800 milhões de adultos no mundo que não sabem ler, escrever ou contar, e aproximadamente 250 milhões de crianças consideradas analfabetas funcionais (não conseguem interpretar os textos).

O objetivo não é apenas alfabetizar, mas fazer com que os jovens e adultos saibam interpretar um texto criticamente e que desenvolvam prazer com a leitura.

Abaixo a lista de países com as maiores taxas de analfabetismo no mundo:

  • Sudão do Sul: 73%
  • Afeganistão: 71.9%
  • Burkina Faso: 71.3%
  • Níger: 71.3%
  • Mali: 66.6%
  • Chade: 64.4%
  • Somália: 62.2%
  • Etiópia: 61%
  • Guineia: 59%
  • Benin: 57.6%
  • Serra Leoa: 56.7%
  • Haiti: 51.3%
  • Senegal: 50.3%
  • Wallis e Futuna: 50%
  • Gâmbia: 48.9%

Dia Nacional da Alfabetização

Brasil ainda celebra o Dia Nacional da Alfabetização em 14 de novembro. Esta data foi criada por iniciativa do Ministério da Educação e Ciência (MEC), a partir da lei nº 19.402/1930.