AMERICAN CREAM DRAFT

AMERICAN CREAM DRAFT

AMERICAN CREAM DRAFT

American Cream Draft é uma rara raça de cavalo de tração, sendo a única que foi desenvolvida nos Estados Unidos que ainda existe. É reconhecida por sua pele de coloração creme, conhecida como "champanhe dourado", produzida pela ação do gene champanhe sobre uma pelagem cor branca-rosada, e por seus olhos azuis (quando ainda potro) e, posteriormente, âmbares, avelãs ou verdes (na idade adulta), também característicos do gene. A única outra cor encontrada na raça é a castanha. Como várias outras raças de cavalos de tração, o American Cream é propenso à epidermólise bolhosa juncional (EBJ), uma doença genética autossômica recessiva.

A raça foi desenvolvida em Iowa durante o início do século, começando com uma égua de cor creme chamada Old Granny. A Grande Depressão ameaçou a existência da raça, mas vários criadores trabalharam para melhorar sua cor e tipo e, em 1944, um registro da raça foi criado. A mecanização da agricultura em meados do século XX levou a uma diminuição da população da raça, e o registro ficou inativo por várias décadas. Somente em 1982 os registros foram reativados, e desde então os números da população cresceram lentamente. No entanto, os números da população ainda são considerados críticos pelo Equus Survival Trust e pela The Livestock Conservancy.

A raça possui um temperamento dócil, calmo e disposto, sendo adequada para proprietários novatos que desejam manusear cavalos de tração, podendo ser utilizada em passeios de carroça e carruagem e como reprodutora de raças puras. A população global da raça é de cerca de 450 indivíduos, localizados maioritariamente nos Estados Unidos, fazendo com que esses animais sejam criticamente raros. Contudo, graças à sua história e aparência únicas, a população da raça tem vindo a crescer nos últimos anos.

27 visualização(ões)

Ultima visualização: 28/09/2020 01:57

#Conhecimento